Logo Câmara Municipal do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 22 de Setembro de 2019
Fotos Câmara Municipal
Mapa do Site | Glossário Acessibilidade
esqueceu senha Preciso de ajuda
xxxxxxx

Comunicação

HomeComunicaçãoNotícias e Avisosdetalhes

Notícias e Avisos - detalhes

Estabelecimentos comerciais deverão manter bombeiros profissionais civis

 

 

 

 

Foto: ASCOM

04/09/2019

Parlamentares do Legislativo municipal aprovaram, por unanimidade, em segunda discussão, a obrigatoriedade da presença de bombeiros profissionais civis em diversos estabelecimentos comerciais. A medida está prevista no Projeto de Lei Complementar n° 81/2018, de autoria do Poder Executivo. Caso o projeto seja sancionado pelo prefeito Marcelo Crivella, os efeitos surtirão 90 dias após a publicação.

As brigadas de bombeiros profissionais civis deverão ter, ao menos, um membro do sexo feminino, além de recursos materiais para inspeções preventivas, resgate em locais de difícil acesso, ações de primeiros socorros e desfibrilador, nos casos em que a lei exige.

Ficarão obrigados a manter as brigadas os shopping centers; as casas de espetáculos; os hipermercados; as lojas de departamentos; os campus universitários; os prédios que abriguem acervos de valor histórico; e qualquer estabelecimento que receba concentração de mil pessoas ou circulação média de 1, 5 mil pessoas por dia, entre outros.

Durante a votação, o vereador Reimont (PT) defendeu a medida, destacando tragédias que poderiam ter sido evitadas com prevenção e planejamento. "Quero lembrar, aqui, de alguns episódios: a Boate Kiss, no Rio Grande do Sul, o Ninho do Urubu, e tantos outros sinistros que aconteceram e levaram vidas, que poderiam, certamente, ter sido preservadas", afirmou.

Já o vereador Jones Moura (PSD) destacou outras vantagens sobre a presença dos brigadistas. "Em shoppings e em outros prédios, a presença desses homens e mulheres fardados inibe até mesmo a ação de vândalos, delinquentes e – quem diria – até de assaltantes nos ambientes que eles atuam".

O chefe do Poder Executivo afirmou que o trabalho dos brigadistas promove a salvaguarda de incontáveis vidas e minimiza a ocorrência de sinistros danosos ao patrimônio. "Muito embora a contratação desses profissionais possa ser vista como um custo adicional, em curto prazo se apresenta como investimento, porquanto representa a prevenção a riscos funestos de natureza pessoal e material. Tendo em vista os acontecimentos ocorridos na cidade do Rio de Janeiro nos últimos meses, tais como os incêndios no Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no pavilhão do Riocentro e na Casa de Rui Barbosa, em Botafogo, entre outros, verificou-se que é imprescindível adotar procedimentos que previnam e minimizem os impactos dos princípios de incêndio bem como de outros sinistros".


voltar topo

enviar por email gerar pdf imprimir   

ícone

Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Palácio Pedro Ernesto
Praça Floriano, s/nº - Cinelândia - Cep: 20031-050
Tel.: (21) 3814-2121 | e-c@mara:

©2011 Câmara Municipal do Rio de Janeiro créditos estatísticas

Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Palácio Pedro Ernesto
Praça Floriano, s/nº - Cinelândia - Cep: 20031-050
Tel.: (21) 3814-2121 | e-c@mara: