Logo Câmara Municipal do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 26 de Junho de 2019
Fotos Câmara Municipal
Mapa do Site | Glossário Acessibilidade
esqueceu senha Preciso de ajuda
xxxxxxx

Comunicação

HomeComunicaçãoNotícias e Avisosdetalhes

Notícias e Avisos - detalhes

Frente Parlamentar discute projeto de lei que garante vaga nas escolas para atletas de clubes

 

 

 

 

Foto: ASCOM

06/06/2019

A Câmara do Rio realizou nessa quarta-feira (4) uma reunião da Frente Parlamentar de Análise e Aprimoramento das Políticas Públicas Desportivas e seu papel no processo de inclusão e promoção social dos cariocas. A iniciativa foi do vereador Prof. Célio Lupparelli (DEM), que preside a frente parlamentar.


De acordo com o parlamentar, o objetivo da reunião foi debater o Projeto de Lei nº 1.314/2019, de sua autoria, que obriga os clubes de futebol com sede no município do Rio a realizar a matrícula de crianças e adolescentes a eles vinculados, além de garantir a frequência e o aproveitamento escolar dos mesmos em unidades de ensino públicas ou particulares.


A assistente social do Fluminense Football Club, Lucilene Dias, apresentou ideias para melhorar o projeto ao que tange sua abrangência, tendo como princípio a melhoria da qualidade de vida dos atletas e a inclusão social. "Ao invés de restringir o Projeto de Lei apenas aos clubes de futebol, penso que seria melhor expandi-lo para todas as modalidades esportivas", disse.


Quanto à obrigatoriedade de matricular seus atletas em escolas, Lucilene afirmou que todos os jogadores de base do Fluminense estão matriculados, porém a mesma informou que passou por muitas dificuldades na busca por vagas nas escolas públicas. O vereador Prof. Célio Lupparelli fez questão de disponibilizar seu mandato para ajudar com a questão das vagas junto à Prefeitura e a Secretaria Municipal de Educação.


A diretora do Sindicato dos Treinadores de Futebol do Rio de Janeiro, Andrea Karl, levantou a questão da fiscalização de que trata o projeto. A professora aposentada informou que muitos dos jovens atletas acabam por abandonar os estudos, e, daqueles que continuam, poucos chegam ao nível superior. "É preciso fiscalizar e lutar para que nossos atletas permaneçam nas escolas", afirmou.


Abordando outro ponto do projeto, Franklin de Melo, criador do projeto social "Craques da Vida" na Vila Aliança, apontou a importância de projetos sociais em comunidades, e como o esporte pode mudar a vida dos jovens que vivem nelas. "O projeto de lei não aborda as escolinhas irregulares, mas deveria. O trabalho realizado nas favelas é de extrema importância para a vida daquelas crianças e adolescentes, é um jeito de educar, de fazer com que eles tenham outra escolha além do caminho do crime".


A advogada desportiva, Armineyde Abtibol, trouxe para a discussão a questão do futebol feminino e sua importância para o processo de inclusão social. Ela informou que fez uma indicação legislativa ao Poder Executivo para fomentar o futebol feminino no município, principalmente sua presença nas vilas olímpicas. Complementando sua fala, Andrea Karl afirmou que não existem escolinhas de formação para mulheres apesar da grande demanda popular, e que meninas só podem jogar por clubes a partir dos 14 anos de idade.


Respondendo à fala de Armineyde, o professor Michel Lima, da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, informou que 90% das vilas olímpicas do município já oferecem turmas de futebol feminino, formadas por grades de até 25 alunos. Quanto à questão da idade, Michel informou que abaixo dos 11 anos de idade, as turmas são mistas, pois há baixa demanda popular nessa faixa etária.


Ao final da reunião, o vereador Prof. Célio Lupparelli propôs uma reunião da comissão, com data ainda a ser definida, . para avaliar o projeto de lei, Não é com armas que vamos combater a violência, e sim com educação, e o esporte é um excelente meio para se conseguir isso", afirmou o parlamentar.


Também estiveram presentes na reunião representantes da Secretaria Municipal de Educação e da Guarda Municipal.


voltar topo

enviar por email gerar pdf imprimir   

ícone

Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Palácio Pedro Ernesto
Praça Floriano, s/nº - Cinelândia - Cep: 20031-050
Tel.: (21) 3814-2121 | e-c@mara:

©2011 Câmara Municipal do Rio de Janeiro créditos estatísticas

Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Palácio Pedro Ernesto
Praça Floriano, s/nº - Cinelândia - Cep: 20031-050
Tel.: (21) 3814-2121 | e-c@mara: