Logo Câmara Municipal do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 26 de Junho de 2019
Fotos Câmara Municipal
Mapa do Site | Glossário Acessibilidade
esqueceu senha Preciso de ajuda
xxxxxxx

Comunicação

HomeComunicaçãoNotícias e Avisosdetalhes

Notícias e Avisos - detalhes

Sistema móvel de coleta deve aumentar número de doadores de sangue

 

 

 

 

Foto de:   Reprodução

04/06/2019

A doação de sangue é um ato voluntário e altruísta que salva vidas. Pacientes que passam por intervenções médicas urgentes de grande porte e complexidade, como cirurgias, transfusões, transplantes e procedimentos oncológicos, bem como aqueles com doenças crônicas graves, como é o caso da doença falciforme, dependem da doação de sangue para viver mais e com qualidade de vida.

Apesar da doação de sangue ser simples, rápida e segura, os bancos e hemocentros ainda contam com poucos colaboradores. A dificuldade de deslocar-se até o local de coleta acaba sendo um dos fatores responsáveis pelo déficit nos bancos de sangue, que em períodos de feriados e datas festivas fica ainda pior.

No intuito de facilitar e aumentar o número de doações, reduzindo, a Câmara do Rio aprovou a Lei nº 6.556/2019, de autoria do vereador Rafael Aloisio Freitas (MDB). A legislação determina que seja criado o Sistema Móvel de Coleta de Sangue como parte da estrutura da Secretaria Municipal de Saúde. As ações móveis devem ocorrer em veículos transfigurados para este devido fim.

O objetivo é promover ações de incentivo e de educação sobre a doação de sangue, cooperando com ações que fomentem o aumento dos estoques dos bancos e hemocentros existentes no município. O sistema móvel deve também realizar os mesmos exames ofertados pelo Hemorio. A legislação permite ainda que sejam firmados convênios e parcerias com instituições públicas e privadas.

Segundo o Ministério da Saúde, apenas 1, 8% da população brasileira entre 16 e 69 anos doam sangue. Se confrontados com o que a Organização das Nações Unidas defende, o país está a 1, 2% do que é considerado ideal. O vereador Rafael Aloisio Freitas acredita que a medida, aliada ao trabalho de coleta móvel que já é realizada pelo Hemorio, pode contribuir para o aumento de doadores. "Muitos que têm o interesse de ir até o Hemorio fazer sua doação não consegue por causa da dificuldade de locomoção. É muito importante que a Secretaria de Saúde faça com que o serviço chegue à grande parte da população. Com isso, conseguimos que os bancos de sangue salvem, cada vez mais, vidas", afirma o parlamentar.


voltar topo

enviar por email gerar pdf imprimir   

ícone

Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Palácio Pedro Ernesto
Praça Floriano, s/nº - Cinelândia - Cep: 20031-050
Tel.: (21) 3814-2121 | e-c@mara:

©2011 Câmara Municipal do Rio de Janeiro créditos estatísticas

Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Palácio Pedro Ernesto
Praça Floriano, s/nº - Cinelândia - Cep: 20031-050
Tel.: (21) 3814-2121 | e-c@mara: